4 dicas rápidas sobre ERP contábil que todo empresário precisa saber

A contabilidade pode ser considerada o pulmão de uma empresa. Sem um controle contábil eficiente, correto e regular, nenhuma empresa é capaz de sobreviver por muito tempo ou até mesmo garantir bons resultados.

Com um mercado cada vez mais competitivo, que exige resultados e controles rápidos e eficientes, é natural que a tecnologia tenha começado a fazer parte das diferentes rotinas dos empreendedores – inclusive na área da contabilidade.

O sistema ERP (Enterprise Resource Planning) chegou na área contábil para ajudar a integrar todas as informações relacionadas a essa área da empresa em um banco de dados, facilitando a análise de informações que são relevantes para essa atividade da instituição. Ele ajuda a garantir a integridade das informações produzidas, tornando a atividade contável mais eficiente e segura.

Nesse artigo preparamos quatro dicas rápidas para quem vai iniciar a utilizar a ERP contábil na rotina da empresa. Confira!

Mapeie todos as variáveis contábeis da sua empresa

Para poder aplicar, de maneira eficiente, o sistema ERP contábil em sua empresa, é preciso, antes de tudo, conhecer todas as variáveis que serão utilizadas na análise de dados do seu negócio. Informações sobre custos, despesas, receita, taxas de amortização e todos os documentos que estão ou podem estar relacionados com a prática contábil do seu negócio devem ser identificados e mapeados para fazer parte do sistema que será usado a partir desse momento de modernização da sua atividade.

Escolha um bom software

O segundo passo para implantar um bom sistema ERP contábil em sua empresa é, claro, saber escolher o melhor software para o seu negócio, afinal será ele o responsável por garantir a segurança e confiabilidade dos dados usados, além de facilitar o trabalho do contador.

Algumas características são importantes na escolha do software de ERP que será usado na sua atividade contábil. Confira algumas avaliações que você deve fazer:

  • Confira se o software contratado lhe garante flexibilidade de atuação, para que possam ser introduzidos dados não programados, assim como fazer avaliações diversas das informações;

  • Garanta que o serviço que você vai contratar venha com uma autorização de atualização automática do software, visto que a tecnologia está sempre avançando e mudando a maneira como esses programas atuam;

  • Conheça o fornecedor do software. Ele será o primeiro sinal da qualidade do programa que você irá contratar;

  • Nem sempre o melhor custo terá também o melhor resultado. Foque sempre no custo benefício na hora de fechar negócio.

Capacite sua equipe para usar a ferramenta

Depois de escolher o melhor software e conhecer suas variáveis que serão utilizadas no ERP contábil, é preciso capacitar a sua equipe que será responsável por fazer as análises nesse setor da sua empresa.

Como cada software tem caminhos específicos para facilitar o uso da ferramenta nas análises contábeis, é interessante que, assim que um sistema seja contratado, que sua equipe responsável por realizar ou analisar essa tarefa conheça as principais características e detalhes do programa.

Fazer reuniões de acompanhamento dos resultados revelados pelo software

Assim como acontece com qualquer novo procedimento introduzido na rotina de uma equipe, é interessante criar, após a aplicação do ERP contábil na sua empresa, algumas reuniões de rotina, para avaliar os bons resultados ou as falhas encontradas no caminho. Essas reuniões vão ajudar a tornar a rotina de trabalho mais harmoniosa e eficiente.

Com a ajuda dessas dicas rápidas, você acredita que conseguirá implantar o ERP contábil na sua empresa? Tire essa e outras dúvidas com a gente!

Fale com a tdf

Caso tenha o interesse em conhecer mais sobre nossos serviços ou sanar dúvidas que envolvam a nossa metodologia de aplicação, teremos enorme satisfação em te responder. Entre em contato agora mesmo: