Alta do dólar e o impacto financeiro para os exportadores e importadores brasileiros

Nos últimos meses, foi possível perceber uma constante oscilação no valor do dólar americano. O que muitos ainda não sabem é que a alta do dólar pode causar impactos financeiros nos exportadores e importadores brasileiros.

Isso porque, são vários os fatores que acabam influenciando na alta valorização da moeda americana. Como por exemplo, o momento atual, no qual estamos passando por uma forte crise econômica causada pela pandemia do Coronavírus (Covid-19).

No entanto, esse não é o único fator de influência na alta do dólar. Outros fatores também como a taxa de juros e a falta de investimentos estrangeiros também acabam incidindo na oscilação da moeda americana.

Diante deste contexto, investidores, consumidores, exportadores e importadores acabam sofrendo as consequências do aumento do dólar.

Contudo, por meio deste artigo, gostaríamos de apresentar quais são os impactos da alta do dólar no setor de exportação e importação. O que você acha de compreender melhor como funciona essa relação?

Portanto, acompanhe o nosso conteúdo até o final e aproveite para encontrar todas as respostas para os seus questionamentos sobre este assunto tão relevante!

O que pode influenciar no aumento do dólar?

São vários os fatores que podem acabar resultando na alta do dólar americano. Com isso, ao associar o seu aumento somente à pandemia do novo Coronavírus, o empresário pode acabar cometendo um engano.

Sabendo disso, uma das causas mais apontadas por especialistas é que, diante da crise econômica que vem afetando todo o mundo, é comum que investidores de diferentes países busquem resgatar o seu dinheiro em países emergentes.

Com isso, os investimentos passam a ser feitos em títulos do Tesouro americano, uma vez que ele proporciona uma maior segurança e confiabilidade.

Confira a seguir algumas das possíveis causas para  a alta do dólar:

  • Balança econômica;
  • Taxa de juros;
  • Falta de investimento estrangeiro;
  • Desenvolvimento e crescimento econômico.

Agora, que tal compreender melhor quais são os principais impactos da alta do dólar na economia brasileira? Continue acompanhando e descubra como o momento atual afeta, principalmente, setores como o de exportação e importação.

Quais os principais impactos da alta do dólar na economia?

Com as constantes variações no valor do dólar, milhares de brasileiros se encontram confusos quanto aos impactos gerados na economia brasileira.

Dessa forma, se faz necessário compreender, em primeiro lugar, que a alta do dólar influencia em diferentes setores da economia. Vamos, então, buscar apresentar alguns dos principais impactos gerados, para que você, leitor, possa entender melhor.

A seguir, confira conosco 3 impactos do aumento do dólar americano no dia a dia dos brasileiros e das empresas. Vamos lá?

1. Aumento do preço dos produtos importados

O primeiro grande impacto da alta do dólar na economia brasileira é o aumento do preço dos produtos importados. Ou seja, todos os produtos vindos de fora do país acabam sofrendo fortes alterações nos seus preços.

Uma assimilação comum, porém equivocada, é associar o aumento do dólar ao aumento do preço somente de eletrodomésticos e eletrônicos.

No entanto, a alta do dólar também influencia na matéria-prima utilizada em produtos comuns dos brasileiros. Logo, o aumento do preço faz com que o poder de compra acabe diminuindo, uma vez que também é possível notar uma subida na inflação.

Sendo assim, as empresas podem acabar transferindo o aumento dos seus custos para os seus consumidores. No entanto, com um poder de compra menor, o resultado pode ser uma receita abaixo do esperado.

2. Maior facilidade para as empresas exportadoras

Diferente do que acontece no setor de importação, onde se encontra uma maior dificuldade para importar, o efeito é inverso na exportação. Dessa forma, as empresas acabam encontrando um cenário mais favorável.

Assim, quanto maior for o valor do dólar, maior também será a receita por trás dos produtos vendidos.

Com isso, uma empresa exportadora pode abaixar o valor do seu produto, aumentando assim a sua competitividade no mercado internacional, ou manter o preço atual e, assim, ter uma maior margem de lucro.

No entanto, com a alta do dólar, é necessário também levar uma série de fatores em consideração. O que envolve, por exemplo, o custo do frete, valor de impostos, taxas, tarifas, seguro internacional, entre outros.

Portanto, é necessário que as empresas entendam que a alta do dólar não é o cenário ideal. Afinal de contas, o foco é buscar um equilíbrio, capaz de beneficiar tanto as empresas importadoras como também as exportadoras.

O que você achou do nosso artigo? Caso tenha ficado alguma dúvida, não se esqueça de compartilhar conosco por meio do campo para comentários!

A TDF é uma empresa que pode contribuir na gestão de empresas importadoras e exportadoras. Por meio de serviços como o BPO Financeiro, nós atuamos lado a lado dos gestores à frente de uma organização.

Com o objetivo de entregar serviços cada vez mais qualificados, buscamos a inovação tecnológica e educação constante da nossa equipe. Trabalhamos com programas de treinamento interno, capacitando nossos contadores a melhorar e construir processos no sistema ERP Protheus.

Somos especializados em Comex, com visão estratégica focada em gerar resultados efetivos. Aproveite para entrar em contato conosco e descobrir como os nossos serviços podem ajudar na gestão da sua empresa!

Não perca a oportunidade também de seguir as nossas redes sociais e acessar o nosso blog para acompanhar novos conteúdos!

Fale com a tdf

Caso tenha o interesse em conhecer mais sobre nossos serviços ou sanar dúvidas que envolvam a nossa metodologia de aplicação, teremos enorme satisfação em te responder. Entre em contato agora mesmo:

NOME COMPLETO: DENIS BAUER
REGISTRO: RS - 071749/O-9

EMPRESA: TDF ASSESSORIA CONTABIL SS LTDA
REGISTRO: RS - 004367/O-0